sábado, 1 de novembro de 2008

Como era antes do Plano Real?

O Plano Real nasceu no governo Itamar Franco (com óculos na foto abaixo), que nomeou Fernando Henrique Cardoso (foto com a capa da revista Manchete)  para o ministério da Fazenda, o qual soube escolher bem sua equipe de economistas e elaborar um plano que realmente controlaria a inflação. 

O plano teve como objetivo criar uma unidade real de valor (URV) a partir da qual todos os produtos ficariam desvinculados da moeda vigente, denominada Cruzeiro Real.


Ficou estabelecido que uma URV corresponderia a US$ 1. O Cruzeiro Real se desvalorizava em relação a URV e o dólar. Porém foi determinado um prazo para de vigência e depois a URV passou a ser referencia de cálculo para preços e contratos firmados desde sua criação. O Cruzeiro Real foi deixando aos poucos de ser referência e também de ter o caráter de moeda.

Nascia o Real como a nova moeda brasileira, e com valor acima do dólar americano, quem diria, era difícil de acreditar, mas era verdade. 


A nossa moeda ficou tão forte que podemos destacar muitos benefícios: As importações de matérias-primas e máquinas ficaram mais fáceis e tinham seus custos reduzidos.


Os produtos importados chegavam para o Brasil com os preços abaixo dos produtos similares nacionais. O dólar seria a referência absoluta para todos os preços. A sociedade em geral apoiou o plano, porque a inflação chegou ao nível mais baixo em toda a sua história. Patrões e trabalhadores não tinham mais razão de reivindicar aumentos.

O governo fazia muita propaganda e falava na melhoria do poder aquisitivo dos menos favorecidos que, a partir do Plano Real, poderiam comprar a credito, porque as prestações não sofreriam aumento todo mês como antes do plano. O brasileiro passou a comprar mais e a economia foi reaquecida.


Jornal Nacional (01/03/1986) – guerra dos preços




Jornal do SBT de maio 1994 – Hiperinflação



Na primeira matéria da década de 80, observamos os brasileiros indignados com a remarcação de preços, e valores absurdos. Na segunda (déc. de 90) uma inflação em torno de 40% era algo normal.

Que pontos diferenciam a realidade financeira do Brasil antes de 1994 da realidade atual?

Temos uma inflação tão grande?

3 comentários:

AdrI disse...

Gente assistir este vídeo do sbt e fiquei assustada rsrsr e com saudades da poupança, mas leiga como sou em assuntos financeiros e estudando hoje gestão de processos me faz explorar a matemática financeira, por isso achei nas minhas pesquisas seu blog...e procuro informações de como era para os microempresários a situação econômica e o poder de venda antes do Plano Real, entre outros..obrigada continuarei as minhas pesquisas, um abraço Adriana

AdrI disse...

Gente assistir este vídeo do sbt e fiquei assustada rsrsr e com saudades da poupança, mas leiga como sou em assuntos financeiros e estudando hoje gestão de processos me faz explorar a matemática financeira, por isso achei nas minhas pesquisas seu blog...e procuro informações de como era para os microempresários a situação econômica e o poder de venda antes do Plano Real, entre outros..obrigada continuarei as minhas pesquisas, um abraço Adriana

Alexandre Gangorra disse...

Obrigado pela visita e seja sempre bem vinda!

Um abraço!