sexta-feira, 16 de junho de 2017

Verdenskortet: um parque temático em forma de mapa-mundi

"Milagres não são contrários à natureza, mas apenas contrários ao que nós sabemos sobre a natureza"
Santo Agostinho

Em 1943, um fazendeiro chamado Soren Poulsen estava trabalhando em suas terras quando viu uma pedra que parecia a Jutlândia. Esse momento trivial mudou sua vida.

De 1944 a 1969, Poulsen se dedicou a construir um Mapa-mundi no local. Todos os anos, quando o frio do inverno fazia o lago Klejtrup So congelar, ele juntava terra e rochas e dispunha o material no formato dos continentes. Com a chegada da primavera, o gelo derretia e o material aterrava. Depois de vinte e cinco anos de trabalho, finalmente o mapa ficou pronto.

O mapa em si mede 45 por 90 metros, numa escala em que cada 27cm correspondem a 111km. Os continentes são massas de terra delimitados com pedras e cobertos com grama e areia. Há cadeias de rochas em lugar das montanhas e pequenos canais fazem o papel dos maiores rios.

Poulsen começou o projeto em 1944 e trabalhou durante 25 anos até sua morte em 1969. O local é agora a principal atração turística da região de Hobro (na Dinamarca) e aproximadamente 35 mil pessoas o visitam a cada ano.

Nenhum comentário: