quinta-feira, 25 de abril de 2013

Caracterização do solo

Estrutura subsuperficial da paisagem
Os solos que cobrem a superfície terrestre estabelecem a ligação e interagem com a atmosfera e condições climáticas, com as águas superficiais e subterrâneas e com os ecossistemas.

Diversos tipos de solos ocorrem em diferentes paisagens, não de forma aleatória, mas segundo padrões, e possui camadas horizontais de morfologia diferente entre si. Essas camadas são chamadas de horizontes. A soma destas camadas define o perfil do solo. Diz-se que quanto mais distante da rocha mãe, mais intensa e/ou antiga foi a ação pedogenética.


Basicamente um perfil de solo apresenta os horizontes

O - O horizonte orgânico do solo e bastante escuro
H - Horizonte de constituição orgânica, superficial ou não, composto de resíduos orgânicos acumulados ou em acumulação sob condições de prolongada estagnação de água, salvo se artificialmente drenado.
A - Horizonte superficial, com bastante interferência do clima e da biomassa. É o horizonte de maior mistura mineral com húmus.
E - Horizonte eluvial, ou seja, de exportação de material, geralmente argilas e pequenos minerais. Por isso são geralmente mais claros que demais horizontes.
B - Horizonte de maior concentração de argilas, minerais oriundos de horizontes superiores (e, às vezes, de solos adjacentes). É o solo com coloração mais forte, agregação e desenvolvimento.
C - Porção de mistura de solo pouco denso com rochas pouco alteradas da rocha mãe. Equivale aproximadamente ao conceito de saprólito.
R ou D - Rocha matriz não alterada. De difícil acesso em campo.

Classificação dos solos quanto à origem
  • Eluviais – surgem da desagregação da rocha no próprio local. Exs: massapé, Terra roxa e laterita.
  • Aluviais – materiais transportados pelas águas correntes ou pelo vento. Exs: solos de várzea e loess.
Classificação dos solos quanto à cor
Terra Roxa
  • Avermelhados e amarelados – forte presença de óxido de ferro. Ex: terra roxa.
  • Escuros – presença de matéria orgânica. Ex: tchernozion, massapé.
  • Claros – fraca presença de matéria orgânica
Categorias de solos

Zonais – o principal elemento responsável por sua formação é o clima. São solos bem maduros. Veja os exemplos:
  • latossolo – clima quente e úmido; profundo; pobre em minerais.
  •  Podzol – clima temperado ou frio; pouco profundo,  fértil e ácido.
  • Desértico – clima árido; raso e pouco fértil.
  •   Tundra – frio; raso; fertilidade média.


    Latossolo e Podzol

    Interzonais – estão sob influência do relevo ou da rocha de origem.
    • Hidromórfico – local  alagado; fértil e de espessura média.
    • Salino ou halomórfico – local árido; baixa fertilidade; espessura média.
    • Grumossolo – topografia plana; argiloso; boa fertilidade.

      Hidromórfico e Halomórfico

      Azonais – características pouco desenvolvidas e geralmente desprovidos do horizonte B.
      • Litossolo – relevo inclinado.
      • Aluvial – sedimentos fluviais.

      Litossolo e Aluvial
      Causas do desgaste do solo

      Erosão laminar do solo
      Quando desprovido de sua vegetação natural, o solo fica exposto a uma série de fatores que tendem a desgastá-lo. A velocidade com que este desgaste se processa varia com as suas características, com o tipo de clima e com os aspectos da topografia.

      Veja alguns exemplos:
      • Empobrecimento químico e lixiviação
      • Erosão hídrica e a remoção e transporte dos horizontes superiores do solo pela água.
      • Erosão eólica e a remoção e deposição ao do solo pelo vento, formando grandes nuvens de poeira.
      • Excesso de sais ou salinização: processo de acúmulo, em excesso, de sais na solução do solo prejudicando, ou mesmo impedindo, o desenvolvimento da vegetação.
      • Degradação física e a mudança adversa em atributos físicos, tais como porosidade, permeabilidade e densidade.
      • Degradação biológica e o grande aumento da taxa de decomposição do húmus, quando não há reposição do mesmo.

      2 comentários:

      Carlos Henrique disse...

      Muito bom professor, me ajudou muito!! ;)

      Seriano disse...

      Formidável