sexta-feira, 16 de novembro de 2012

A Garota-Tubarão: mais uma visão distorcida do Brasil?

Garota-Tubarão

Depois de ganhar fama internacional graças a uma sequência de ataques de tubarão que começaram a se intensificar na década de 90, a cidade do Recife agora possui uma heroína mutante fruto de uma combinação entre humanos e tubarões. Ela se chama Iara dos Santos e estreou na vigésima edição da revista Wolverine and the x-men como a Garota-tubarão, uma nova mutante do Universo Marvel.

Um dos cenários lembra o Porto do Recife. Na sequência, um grupo de pescadores encontra a jovem devorando peixes crus. Quando ela descobre que os mesmos estão com o barco cheio de barbatanas de tubarão, fica revoltada  e ataca um dos homens.

Outro personagem do Universo Marvel (o Anjo) vem ao Recife para resgatá-la e levá-la para a Mansão X, onde vai passar por treinamentos e aprender a conviver com seus poderes.

Com certeza os ataques de tubarões em praias pernambucanas que foram notícias no mundo inteiro influenciaram  na criação da personagem que mora na Praia da Boa Viagem. 

 
Não é a primeira vez que o Brasil é representado por um herói nos quadrinhos. A grande questão é que boa parte desses representantes mostram uma visão distorcida de nossas Geografia, História e Cultura. Na maioria das vezes o Rio de Janeiro é usado como cenário (rodeado de florestas, lembrando a Floresta Amazônica), os sobrenomes dos personagens não se assemelham aos sobrenomes tipicamente brasileiros, as vestimentas lembram os mexicanos e seus poderes estão associados ao clima tropical.

Vejamos alguns exemplos:

Magma
Amara Juliana Olivians Aquilla (Magma) é uma mutante do universo Marvel, integrante dos X-Men. Como o nome sugere, ela tem poderes de fogo, sendo capaz de irradiar luz e calor, lançar rajadas de lava e controlar e produzir abalos sísmicos.

Pertencente ao universo Marvel, nascido no Rio de Janeiro, Roberto da Costa era jogador profissional de futebol e quase chegou a ser escalado para os Jogos Olímpicos. Seus poderes se manifestam pela primeira vez durante uma briga entre seu time e o time adversário. Seus poderes consistem em absorver energia solar e transformá-la em força corporal e resistência, sendo capaz de voar e lançar rajadas de plasma negro. Assim, seu corpo se envolve em chamas negras e ele pode controlar o fogo.
Mancha Solar

Fogo é o codinome da modelo Beatriz Bonilla da Costa, que nasceu na Floresta Amazônica, onde seus pais haviam ido passar as férias. Um índio fez o parto de Beatriz e, no ato, fez a previsão de que ela se tornaria uma pessoa muito importante. 

Ela trabalhava para o órgão governamental Espiões Nacionais do Brasil e, em uma missão, foi atingida por uma explosão de piroplasma. Depois do acidente, passou a ser capaz de ficar incandescente em fogo verde, podendo voar e controlar o fogo.

Fogo
Comumente, o Brasil é representado por alguns símbolos já bem difundidos, como mulheres “fáceis”, carnaval e a Floresta Amazônica. Será que é uma visão boa do nosso país? Talvez não seja falsa, mas nota-se que algumas vezes é equivocada e não deveria ser a única.


Existem vários “Brasis” e o Recife é um deles. Até mesmo os aspectos negativos possuem suas especificidades, como no caso dos ataques de tubarões e os fatores que provocaram suas ocorrências.

Quadrinhos são ótimas ferramentas para se discutir o modo de vida de um povo. Portanto, vamos torcer para que a Garota-Tubarão não mostre mais uma visão estereotipada do Brasil, mas que seja fruto de um trabalho baseado em pesquisas sobre a realidade geográfica, socioeconômica e cultural do Recife.

Garota-Tubarão

Porto do Recife

4 comentários:

Hannah Layse disse...

É, estávamos precisando mesmo de mais um herói. Amara e o Mancha estão muito apagados e nunca mais eu vi a Fogo então, veio em boa hora. Espero que ela seja bem envolvida na história.

Fabio Santos disse...

Sem falar no Zé Carioca. Tem um documentário muito interessante sobre como o Brasil é filmado por diferentes gringos: Olhar Estrangeiro. Você o encontra no Youtube em partes. Lá, ainda é mostrado que os brasileiros possuem uma considerável responsabilidade sobre como o gringo o vê.

maria clara serafim disse...

professor adorei a sua historia nos veremos quarta um beijo maria clara serafim cse 5 ano a

maria clara serafim disse...

professor adorei sua historia nos veremos quarta dia 15/02/17 no cse 6 ano A um beijo da sua aluna maria clara serafim