domingo, 25 de maio de 2008

Os dez maiores segredos da Arqueologia

Enquanto Indiana Jones volta para mais uma saga cinematográfica, diversos arqueólogos e aventureiros saem em busca de objetos, ruínas e tesouros que podem ter existido de verdade. Abaixo a REVISTA MUNDO ESTRANHO listou os dez maiores objetos de desejo dessa turma!!!!!!

10
DESCOBRIDORES DA AMÉRICA
Local: CONTINENTE AMERICANO

Época: 500 a.C. a 1421 d.C .

Por muito tempo, todo mundo achava que os espanhóis tinham descoberto a América e os portugueses, o Brasil. Mas agora a disputa pelo título de descobridor do continente inclui chineses, fenícios, celtas e vikings. O que os arqueólogos procuram é uma prova material da presença desses povos no nosso continente.



9
LINHAS MISTERIOSAS NO DESERTO CHILENO

Local: Deserto do Atacama (Chile)

Época: Ano 1000

Os misteriosos sinais e linhas encontrados no deserto chileno do Atacama, com até 200 metros de diâmetro, já foram achados. O que os arqueólogos ainda ralam para descobrir é para que diabos eles serviam – seriam aeroporto de alienígenas? O mais provável é que tenham sido “sinais de trânsito” usados pelo povo tiwanaku.

8
MOISÉS
Local: Egito e Israel

Época: 1400 a.C.

Vira e mexe os arqueólogos procuram provas de que as histórias bíblicas são baseadas em personagens reais. Entre os mais procurados está Moisés, provável fundador de Israel. “Ele é o libertador dos judeus da escravidão no Egito e deu o livro da Lei ao povo hebreu”, diz o arqueólogo Pedro Paulo Funari.


7
JARDIM DO ÉDEN

Local: Irã

Época: 6000 a.C.

O paraíso de onde Deus expulsou Adão e Eva pode ter existido de verdade! Para o arqueólogo inglês David Rohl, o Éden foi o berço da civilização, onde o hebreu Addam (Adão) teria se casado com uma mulher da tribo de havah (daí o nome Eva) e liderado uma das primeiras tribos organizadas da história. Só falta achar o lugar exato onde ficaria o local.
6
LISBOA À GREGA

Local: Lisboa (Portugal)

Época: 1200 a.C.

Parece piada de português, mas muitos arqueólogos tentam encontrar vestígios de que Lisboa teria sido fundada por gregos. A lenda diz que Olisipo, suposto nome de Lisboa em grego, derivaria de Odisseus, como também é conhecido o herói Ulisses. Ele teria chegado ao extremo ocidente da Europa e fundado a cidade. “É pouco verossímil, mas um achado arqueológico poderia mostrar que isso ocorreu”, diz Funari.

5
ABRAÃO

Local: Síria e Iraque

Época: Entre 2000 e 1500 a.C.

Abraão, o primeiro patriarca, é cultuado como profeta por muçulmanos, cristãos e judeus. Tábuas de argila encontradas próximo ao rio Eufrates indicam que os eventos da saga de Abraão, presentes na Bíblia, na Torá e no Alcorão, podem ter ocorrido, mas pesquisadores ainda buscam provas irrefutáves de sua existência.

4
PRIMEIRO HOMEM DA AMÉRICA

Local: América

Época: Mais de 15 mil anos atrás

Ninguém até hoje descobriu vestígios humanos de mais de 15 mil anos na América – nessa época, já havia gente em todos os outros continentes. “As hipóteses de homens na América nesse período são baseadas em dados inseguros, como restos de carvão ou pedras. Ossos de 30 mil anos poderiam mostrar que os homens estavam mesmo aqui muito antes”, diz Funari.

3
LIVROS DA ANTIGUIDADE GREGA

Local: Europa ou países árabes

Época: Entre 367 e 323 a.C.

Muitas obras clássicas gregas e latinas são conhecidas apenas por citação de terceiros. Alguns papiros foram encontrados, nos séculos 19 e 20, mas os arqueólogos ainda têm esperança de encontrar um livro inteiro desaparecido, como a obra de Aristóteles sobre o riso.


2
LETREIRO DE JESUS CRISTO

Local: Jerusalém

Época: Ano 1

Encontrar o letreiro com a inscrição INRI (“Jesus Cristo, Rei dos Judeus”), que, segundo a Bíblia, estava na cruz onde ele morreu, poderia ser a prova material de que Jesus existiu em carne e osso. A inscrição também provaria que Cristo foi importante politicamente, e não apenas mais um dos líderes do século 1.


1
ELO PERDIDO
Local: África

Época: indefinida

que Darwin propôs a Teoria da Evolução, os arqueólogos quebram a cabeça procurando um ancestral comum entre os homens e os demais primatas – é o chamado “elo perdido”. Achar sinais de hominídeos, provavelmente na África, que atestem, sem lugar a dúvida, que o animal andava em pé elucidaria de vez a resposta à pergunta “de onde viemos?”


E você? Acha uma perda de tempo se aventurar na procura de algum desses segredos? Qual?

Ou então, qual seria aquele que até o Indiana Jones deveria correr atráz?

COMENTE!!!!!!!!!!!!!

2 comentários:

Anônimo disse...

nÃO, PARTICULAMENTE CONSIDERO IMPORTANTE IR ATRÁS DESSAS MARCAS QUE PODERIAMOS CHAMAR DE INDELEVEIS P/ TODA A HUMANIDADE, HAJA VISTO QUE... VIVEMOS EM UMA ÉPOCA DE SETICISMO HORRENDO... NO QUAL AS PESSOAS ESTÃO PREOCUPADAS APENAS COM SEUS INTERESSES PESSOAIS A TAMPOUCO SE IMPORTAM COM FATOS IMPORTANTES DA HUMANIDADE COMO ESTES "ELOS PERDIDOS" QUE NOS LEVAM AO PASSADO SUBLIME DE UM ALEXANDRE O GRANDE, MOISES JESUS, CIRO DA PERSIA.. SINAIS DA PALEONTOLOGIA ARQUEOLOGIA, NUMISMÁSTICA OU ALGO PARECIDO.INTRIGANTE HEIN?!

mikely_alves2009 disse...

adorei a postagem ja escolhi até a minha descoberta vou encontrar a placa de cristo
vou provar de uma vez por todas sua existencia e a realidade da biblia!!!