domingo, 26 de maio de 2013

Glass Beach e seus coloridos seixos de vidro

A erosão provocada pelas águas do mar designa-se por erosão marinha ou abrasão marinha, por meio da qual as ondas atuam fortemente contra as rochas, desagregando-as e formando materiais soltos que, ao passarem por um processo natural de arredondamento e polimento, formam os seixos.

Alguns fragmentos duros de objetos criados pelo homem podem ser arredondados e transformados em seixos artificiais: por exemplo, vidro, tijolo e até certos tipos de plástico. Em Fort Bragg, Califórnia (EUA), existe uma localidade repleta de seixos de vidro: Um conjunto de três praias chamado de Glass Beach.


Entre 1906 e 1967, os moradores da região tinham o costume de jogar nessa localidade todo o tipo de lixo (que era lançado das falésias). A área servia de depósito para eletrodomésticos e até mesmo carros velhos. Às vezes, incêndios eram provocados para reduzir o tamanho da pilha de lixo.

Entre o material descartado estava o vidro. Milhares de pedaços de vidro descartados foram sendo polidos pela ação das ondas do mar ao longo de décadas. Com o passar dos anos, os vidros quebrados pela ação das ondas  formaram pequenos e arredondados fragmentos, dificultando a separação dos cacos de vidro dos fragmentos rochosos naturais.

Em 1967, a área foi fechada para o início de uma série de programas de limpeza, numa tentativa de recuperar a praia. Hoje Glass Beach é uma área de proteção ambiental e turistas visitam o local procurando por esse tesouro de vidro.

 Esse é um exemplo da forma espetacular de como a natureza é capaz de superar impactos provocados pela ação humana.

3 comentários:

Gabriel Itapitanga/Campinas disse...

Ótima informação. Necessitamos de matérias importantes como essa na net. Parabéns

Alexandre Gangorra disse...

Olá, Gabriel!

Com o direcionamento certo, a Internet pode ser uma excelente ferramenta didática

Muito obrigado pelo comentário e seja sempre bem vindo!

Kleber Sabino disse...

Eu não sabia dessa. Interessante.